Notícias

Ao lado de Moro, Bolsonaro sanciona projeto que facilita a venda de bens de traficantes

publicado: 17/10/2019 21h10, última modificação: 18/10/2019 15h36
Presidente ministrou aula magna do curso de formação da PRF
bc9057b0-9099-475e-8630-5447d3cb7a1d.jpeg

Brasília, 17/10/2019 - O presidente Jair Bolsonaro e o ministro  da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, estiveram em Florianópolis (SC), nesta quinta-feira (17), para participar da inauguração de um complexo de tiro e da aula magna do curso de formação da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

O presidente da República aproveitou o evento para sancionar o Projeto de Lei de Conversão que facilita a venda de bens apreendidos de traficantes pela Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad), do Ministério da Justiça.

O ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, também acompanhou o presidente na formatura dos 1200 alunos.

No discurso para os formandos, o presidente defendeu a aprovação da excludente de licitude, um dos pontos do Pacote Anticrime apresentado pelo Ministro Sergio Moro.

"Nós lutamos então pra conseguir para vocês, entre outras coisas, um excludente de licitude. Não é carta branca para matar, é carta branca para não morrer. Um policial, ao enfrentar alguém armado, após esse embate o policial tem que ir para casa na certeza que será condecorado e não processado", disse o presidente