Destaque

Força Nacional de Segurança Pública distribui 35 toneladas de alimentos em Moçambique

publicado: 22/05/2019 14h33, última modificação: 26/08/2019 12h32
Na segunda etapa da operação, efetivo está atuando em Cabo Delgado
WhatsApp Image 2019-05-22 at 11.22.52 AM.jpeg

Brasília, 22/05/2019 -  A Força Nacional de Segurança Pública, em conjunto com o Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais, realizou a entrega de 35 toneladas de alimentos para 2.214 famílias no domingo (19), no Arquipélago das Ilhas Quirimbas, na província de Cabo Delgado, no norte de Moçambique. Desde que foi atingida pelo ciclone Kenneth, no dia 25 de abril, a localidade ficou completamente isolada e ainda não tinha sido alcançada pelas ações do poder público e de ajuda humanitária.

Até a chegada do efetivo brasileiro, a população sofria com privação de alimentos e água potável. Cinco bombeiros militares da Força Nacional, quatro de Minas Gerais e duas representantes da Organização Não Governamental Cristã Ministério Arco-Íris Global participaram da ação. O deslocamento até as ilhas é feito somente por embarcações.

Para atender as várias regiões afetadas pela ação do ciclone, o efetivo de 24 bombeiros militares da Força Nacional, baseado em Pemba, capital de Cabo Delgado, foi dividido em equipes. Simultaneamente às atividades em Quirimbas, as frentes de trabalho acontecem no vilarejo Mocujo e no distrito de Macomia. Nesses locais, além da distribuição de alimentos, tendas para as famílias desabrigadas e purificadores de água, estão sendo feitos trabalhos de restauração das áreas afetadas, com a desobstrução de vias e retirada de árvores tombadas em órgãos públicos, escolas, maternidades e moradias. Na capital, os militares realizam a vacinação da comunidade brasileira contra a cólera, pois o risco de contrair a doença é grande.

O contingente da Força Nacional permanecerá em Moçambique até o dia 7 de junho, de acordo com portaria assinada pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e publicada no Diário Oficial da União de 7 de abril.