Destaque

Secretaria de Operações Integradas e Embaixada dos Estados Unidos promovem capacitação para agentes de segurança pública no ambiente cibernético

publicado: 28/05/2019 16h41, última modificação: 26/08/2019 12h34
Representantes de 13 países do continente americano participam do encontro, em Brasília (DF)
xs11.jpg

Brasília, 28/05/2019 - Agentes de segurança pública de todo o continente americano participam, em Brasília (DF), de um treinamento que busca identificar evidências e autorias de crimes de pedofilia no ambiente cibernético. Promovido pela Secretaria de Operações Integradas (Seopi), do Ministério da Justiça e Segurança Pública,  com o apoio da Embaixada dos Estados Unidos da América, o treinamento visa também futuras ações conjuntas entre agências e órgãos internacionais.

xs3.jpg

Participam do encontro 30 agentes, entre homens e mulheres, representantes da Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, El Salvador, Guatemala, Honduras, Panamá, Paraguai e Estados Unidos. O evento também conta com a participação de policiais brasileiros e integrantes do Laboratório de Inteligência Cibernética da diretoria de Operações da Seopi/MJSP.

O evento começou nesta terça-feira (28) e segue até o dia 7 de junho.

Na abertura, na manhã desta terça-feira (28), o secretário-executivo do MJSP, Luiz Pontel de Souza, destacou a importância do evento no sentido de patrocinar a integração regional. "Hoje, iniciamos um trabalho de processo de integração e conjugação de esforços na área de segurança pública buscando coibir crimes cibernéticos, em especial, a pedofilia. Temos todo o interesse em compartilhar informações", acrescentou Pontel.

Já o coordenador do Laboratório de Inteligência Cibernética da diretoria de Operações da Seopi/MJSP e responsável pela capacitação, Alesandro Gonçalves Barreto,  afirmou que a iniciativa visa o compartilhamento de boas experiências. "Quero agradecer essa parceria com a Embaixada, que começou em 2017 e que será edificante com essa capacitação", disse. 

XS2.jpg