Destaque

Moro participa de jantar-colóquio com adidos policiais estrangeiros

publicado: 06/06/2019 18h40, última modificação: 26/08/2019 12h34
O evento ocorreu a convite do embaixador da Espanha no Brasil
FAI_6561.jpg

Brasília, 06/05/2019 - O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio moro, participou, nessa quinta-feira (5), de um jantar-colóquio, na Embaixada da Espanha, com representantes da Associação de Adidos Policiais acreditados no Brasil.

O embaixador da Espanha no Brasil, Fernando Garcia Casas, congratulou o governo brasileiro em priorizar o combate à corrupção e à criminalidade violenta em seu plano de trabalho. A fim de aprofundar e fortalecer a cooperação e o intercâmbio de informações operacionais, inteligência criminal e operações conjuntas de policiamento, o embaixador fez um apelo, durante a cerimônia, para a realização das reuniões da Comissão Mista prevista no Convênio de 2007 entre a República Federativa do Brasil e o Reino da Espanha sobre o Combate à Criminalidade.

FAI_6561.jpg

O ministro Moro ressaltou a necessidade de intensificar a cooperação jurídica e policial entre autoridades competentes nos dois países, fazendo uma observação para a necessidade de mudança da cultura de assinatura de acordos sem ações concretas. Nessa seara, apontou as Equipes Conjuntas de Investigação como uma das ferramentas prioritárias de cooperação, cuja criação deve ser incentivada.

O chefe do Ministério da Justiça e Segurança Pública expressou, ainda, que o combate ao crime a cooperação jurídica e policial são pautas governamentais que englobam interesses nacionais convergentes, o que difere da tradicional disputa comercial entre os países.

FAI_6557.jpg

No decorrer do encontro foram debatidos temas como: multiplicidade de forças policiais no Brasil e a necessidade de sua integração, cooperação técnica para o desenvolvimento, papel dos adidos policiais, sistema carcerário como óbice para extradição, utilização de forças-tarefas para combate à corrupção e crimes de diversa natureza, combate ao crime cibernético e alterações legislativas.

Durante o ano de 2019, a presidência da associação de adidos está a cargo do conselheiro de interior e comissário do Corpo Nacional de Polícia da Espanha, José Luís Bergés Fernandez, idealizador do evento.

Participaram dos debates os adidos policiais dos seguintes países: Bolívia, Colômbia, Espanha, Estados Unidos, França, Itália, Japão, Peru, Suíça, Turquia e Portugal. Pelo MJSP estiveram presentes, ainda, o secretário-executivo, Luiz Pontel; o diretor-geral da Polícia Federal, Mauricio Valeixo; a chefe de gabinete, Flávia Blanco; o chefe de gabinete da Polícia Rodoviária Federal, Elisverso Louzino; e assessora Internacional, Georgia Diogo.