Destaque

Inscrições abertas para o curso “ Elaboração de Projetos e Execução de Convênios ”

publicado: 19/06/2019 17h51, última modificação: 26/08/2019 12h33
Oferecido pela Escola Nacional de Defesa do Consumidor com carga horária de 40 horas, aulas gratuitas e certificado de extensão pela Universidade de Brasília
BANNER_ELABORACAO_PROJETOS_ENDC_19062019_Prancheta_1.png

Brasília,19/06/2019- A Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), por meio da Escola Nacional de Defesa do Consumidor (ENDC), está com inscrições abertas para o curso Elaboração de projetos e execução de convênios. O curso é planejado para capacitar o aluno a identificar os principais conceitos e atores que envolvem as transferências voluntárias de recursos da União. O público alvo é de pessoas com mais de dezesseis anos e também membros do Sistema Nacional de Defesa do Consumidor.

A formação possui carga horária de 40 horas, com duração de quatro semanas e acontece em modalidade a distância. As aulas serão de 02 a 29 de julho de 2019 com conteúdo dividido em módulos: Módulo 1: Entendendo as Parcerias com a União; Módulo 2: Iniciando o Projeto; Módulo 3: Elaborando Propostas; Módulo 4: Envio, Análise e Julgamento das Propostas e Formalização dos Convênios; Módulo 5: Execução de Convênios e Prestação de Contas.

As inscrições podem ser feitas até o dia 27 de junho de 2019, no site da Escola Nacional de Defesa do Consumidor. Antes de se inscrever é preciso se cadastrar no Portal www.defesadoconsumidor.gov.br. Depois é só fazer o login e buscar curso desejado.

Escola Nacional de Defesa do Consumidor

A Escola Nacional de Defesa do Consumidor (ENDC), criada em 13 de agosto de 2007, por meio da Portaria Ministerial nº 1.387, promove principalmente a formação e capacitação técnica dos agentes e técnicos do Sistema Nacional de Defesa do Consumidor (SNDC) em todo o Brasil.

A Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) entende que é fundamental instituir mecanismos permanentes de capacitação, atualização e especialização de modo que órgãos e entidades de defesa do consumidor possam atuar com eficácia e competência e responder aos anseios da sociedade que é cada vez mais esclarecida, ávida por informação e que busca os seus direitos