Notícias

Comitê Interministerial do Em Frente, Brasil se reúne em Cariacica (ES)

publicado: 26/11/2019 09h59, última modificação: 26/11/2019 10h00
WhatsApp Image 2019-11-25 at 7.03.34 PM.jpeg

Brasília, 26/11/2019 -  Representantes dos ministérios que fazem parte do projeto “Em Frente, Brasil” estiveram, nesta segunda-feira (25), em Cariacica (ES) para a primeira reunião do comitê interministerial em uma das cidades que fazem parte do projeto-piloto de enfrentamento à criminalidade violenta.

Junto com integrantes do governo do estado e do município, o comitê interministerial discutiu a implementação das medidas propostas pela segunda fase do projeto chamada de “atuação integral”. A nova fase envolve ações da educação, esporte e de assistência social aliadas ao combate à violência. As oficinas para a construção do Plano Local de Segurança serão realizadas entre os dias 11 e 13 de dezembro, onde serão definidas as novas ações a serem desenvolvidas na cidade.

Foi apresentado também o Diagnóstico Socioterritorial da Segurança Pública de Cariacica, realizado por pesquisadores do Instituto Federal do Espírito Santo. A pesquisa serve de embasamento para compreensão do município e para traçar as estratégias para a implementação das medidas necessárias.

Participaram do evento o prefeito Geraldo Luzia de Oliveira Júnior, o Juninho, o vice-prefeito Nilton Basílio e os secretários municipais. Pelo Governo Federal o gerente do Em Frente, Brasil, Luiz Cajango, da Secretaria Nacional de Segurança Pública do MJSP, apresentou o programa com detalhes. Estiveram também representados os dez ministérios, sendo: da Justiça e Segurança Pública; da Mulher, Família e Direitos Humanos; Economia; Saúde; Desenvolvimento Regional; Cidadania; Educação, além da Casa Civil, Secretaria de Governo, Secretaria-Geral da Presidência da República. No âmbito dos governos Estaduais e Municipais, as suas respectivas secretarias com simetria aos ministérios envolvidos.

WhatsApp Image 2019-11-25 at 7.08.17 PM.jpeg

O prefeito de Cariacica reiterou a importância da horizontalidade do projeto para alcançar os objetivos de diminuição da violência na cidade e avançar com políticas públicas impactantes. "Desde o início, o que mais me motivou a participar e conduzir Cariacica para o projeto piloto foi a forma construtiva com que o Governo Federal propôs esta nova política, respeitando as características locais e as políticas já executadas. Já somos exemplo neste caso para o restante do país. Este evento, com todos envolvidos, é mais uma amostra disso. O que precisamos agora é dar agilidade nos projetos que já iniciamos para que a população tenha retorno o mais rápido", comentou o prefeito.

O diretor de Políticas de Segurança Pública, da Secretaria Nacional de Segurança Pública, Marcelo Moreno, apontou que as equipes, após esta reunião, devem se dedicar em estudar os dados apontados e apresentar adequações necessárias para que, durante as oficinas, as políticas sociais corretas sejam apontadas.

Programas

Entre os investimentos, a Casa da Mulher Brasileira e a Estação Juventude 4.0 já foram definidos. O primeiro, que se trata de um local referência, contendo todos os serviços às mulheres vítimas de violência, deverá ser construído num terreno indicado pela Prefeitura, em frente ao Estádio Kleber Andrade, no bairro Rio Branco. Até a conclusão da obra, um local provisório será alugado para a prestação do serviço ter início mais rapidamente.

Outra iniciativa é a criação da Estação Juventude 4.0, que promoverá a inclusão de jovens através da capacitação profissional, acesso ao conhecimento e o desenvolvimento de habilidades que sejam capazes de aumentar a empregabilidade da juventude no atual mercado de trabalho. Toda a documentação para a implantação está aprovada e os dois contêineres, mais os recursos para equipá-los e custeá-los, já estão garantidos. Serão R$ 200 mil para compra de equipamentos, como computadores de alta performance e impressoras 3D para ofertar qualificação profissional a jovens em risco social.

Com informações e fotos da Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Cariacica (ES) e do Ministério da Cidadania