Notícias

Em Santa Catarina, secretário Nacional de Segurança Pública defende integração e valorização das forças policiais do país

publicado: 14/10/2019 17h03, última modificação: 14/10/2019 17h03
Durante palestra, em evento, o gestor destacou projetos do MJSP
WhatsApp Image 2019-10-14 at 17.00.45.jpeg

Brasília,14/10/2019- O secretário Nacional de Segurança Pública, Guilherme Theophilo, apresentou na sexta-feira (11), em Florianópolis (SC), os projetos estratégicos do Ministério da Justiça e Segurança Pública sob responsabilidade da Senasp. Em palestra promovida pela Associação Catarinense de Rádio e Televisão (ACAERT), o secretário destacou projetos que já estão sendo executados pela pasta e defendeu a integração e valorização dos profissionais de segurança pública.

 O evento contou com a presença de representantes do Exército Brasileiro, Polícia Militar, Polícia Civil, Bombeiro Militar, Polícia Federal (PF), Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Instituto Geral de Perícia (IGP), além de parlamentares do estado e dos presidentes da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (FIESC), Mario Cezar de Aguiar; da Fecomércio, Bruno Breithaupt e da vice-presidente da Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (ABERT), Marise Westphal Hartke.

 "A Senasp elaborou projetos estratégicos que abrangem o tripé da proposta do Ministério da Justiça e Segurança Pública que é o combate aos crimes violentos, ao crime organizado e à corrupção. E, nós temos trabalhado para que esses três objetivos colocados pelo ministro Moro sejam concretizados”, explicou. 

 Guilherme Theophilo também destacou a integração como iniciativa primordial para fortalecer as forças policiais do país. “Integração é a palavra da vez na nossa gestão. Nossos esforços têm sido todos nesse sentido, é preciso que todos os órgãos de segurança se conversem para termos resultados, de fato, eficientes”, ressaltou.

Sobre a valorização profissional, o secretário Nacional descreveu projetos que são voltados para essa vertente. “É preciso promover a valorização da vida do profissional de segurança pública. Estamos perdendo mais profissionais por suicídio do que por combate. E, nesse sentido, temos o projeto “Pró-Vida” que atua com foco na prevenção da saúde física e mental dos profissionais de segurança pública”, pontuou.  

Ainda sobre o panorama dos projetos do MJSP, Theophilo ressaltou os avanços da área da segurança pública, como a redução da criminalidade no país e a execução de projetos como o “Em Frente, Brasil”. “Tenho muito orgulho em dizer que muitos projetos, nesta nossa gestão, já saíram do papel e estão sendo executados. Isso mostra como a eficiência é fundamental na governança pública para que saibamos trabalhar bem com os recursos que temos”.

O delegado-Geral de Polícia Civil do Estado, Paulo Roberto Koerich, destacou a confiança no trabalho do MJSP. “O momento que hoje nós vivemos, em termos de Brasil e também no estado de Santa Catarina, serve para que todos nós possamos refletir efetivamente do que queremos para o nosso país. Santa Catarina, junto das forças de segurança do nosso estado, têm buscado a integração e o alcance dos objetivos. Além de sermos parceiros da Senasp em todas as suas ações, confiamos no ministro Moro para que possamos alcançar os objetivos da segurança pública que é o interesse público e o bem da sociedade”, frisou.

Em seu discurso, o presidente da ACAERT, Marcello Corrêa Petrelli, afirmou que o tema da segurança domina o debate político e social e precisa ser discutido. “Está cada vez mais claro que a violência é uma escolha de vida, não só uma consequência social. Quem infringe as leis tem que saber que será punido exemplarmente, pelas forças policiais e pela justiça. Assim como não podemos mais tolerar a corrupção, também precisamos combater a criminalidade sob o risco de perdermos para a insegurança a chance de construirmos um país melhor e maior para todos”, finalizou.

Sobre o Momento Brasil 

O projeto “MOMENTO BRASIL - CONHECER, CONTRIBUIR E AGIR” tem o objetivo de levar ao estado de Santa Catarina personalidades de destaque nacional para debater temas importantes voltados à política e economia brasileira, além de mostrar para os convidados e o público presente os conceitos da mídia regional.  

O secretário Nacional de Segurança Pública, Guilherme Theophilo, foi o sexto convidado do Momento Brasil. Já participaram dos eventos, o presidente da República, Jair Bolsonaro, o vice-presidente Hamilton Mourão, presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro e o Ministro da Casa Civil, Onyx Lonrenzoni.