Notícias

Ministro André Mendonça e presidente Jair Bolsonaro inauguram a Galeria de Heróis do programa VIGIA

publicado: 25/06/2020 15h01, última modificação: 25/06/2020 16h11
Cerimônia marcou homenagem ao Soldado Daniel Trarbach, morto durante patrulhamento no Rio Paraná
FAI_2931.jpg

O Programa Nacional de Segurança nas Fronteiras e Divisas (VIGIA) é um dos projetos estratégicos do Ministério. Foto: IsaacAmorim/MJSP

Brasília 25/06/2020 – Com a presença do presidente da República, Jair Bolsonaro, e do ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, foi inaugurada, nesta quinta-feira (25), a Galeria de Heróis do Programa VIGIA.

O Programa Nacional de Segurança nas Fronteiras e Divisas (VIGIA) é um dos projetos estratégicos do Ministério, coordenado pela Secretaria de Operações Integradas (Seopi), e envolve diferentes instituições no combate ao crime organizado nas fronteiras e divisas.

Na ocasião, foi prestada homenagem ao Soldado do Exército Brasileiro, Daniel Trarbach.  O jovem soldado, de 20 anos, faleceu durante patrulhamento da Operação Hórus no rio Paraná, em maio. A embarcação em que ele estava foi atingida por um barco clandestino que transportava grande quantidade de drogas. Daniel, agora, faz parte da Galeria de Heróis do Programa VIGIA.

“O jovem Daniel, se preparando para defender a pátria e deixar uma história, foi surpreendido por aqueles que pensam e agem de forma oposta ao que o nosso cidadão de bem age”, afirmou o presidente Bolsonaro. “Mais do que honrar aqueles que defendiam a pátria, o queremos como um exemplo para todos nós”, completou.

Ivan e Liana Engellman, pais de Daniel, juntamente com suas irmãs, Camila e Jaqueline, estiveram presentes na homenagem.

Camila Trarbach presta homenagem ao irmão em cerimônia. Foto: IsaacAmorim/MJSP
Camila Trarbach presta homenagem ao irmão em cerimônia. Foto: IsaacAmorim/MJSP

“O Brasil precisa reconhecer seus heróis! Registramos o reconhecimento do jovem, que doou seu tempo, suas forças e sua própria vida para defender sua Pátria. Nosso muito obrigado a esses familiares por preparar um herói nacional. Ele ficará registrado para a história do Ministério da Justiça e Segurança Pública, do Ministério da Defesa, do Governo Federal e do país,” disse o ministro André Mendonça.

O sargento Douglas Pascoal Ripp e o soldado Fernando Borghes Zwikcker, ambos do Exército Brasileiro, que também estavam na embarcação, também foram homenageados.