Notícias

Políticas sobre drogas em tempos de Coronavírus é pauta da Semana Nacional de Combate às Drogas

publicado: 23/06/2020 20h13, última modificação: 23/06/2020 20h56
Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad/MJSP) apresentou projetos de repressão ao tráfico de drogas realizado durante a pandemia
22 Semana Nacional de Políticas Sobre Drogas.jpeg

Brasília, 23/06/2020 - O segundo dia da Semana Nacional de Políticas sobre drogas foi marcado pelo tema “Políticas sobre Drogas em Tempos de Coronavírus” durante o seminário de Prevenção, Conscientização e Política. O secretário Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad/MJSP), Luiz Roberto Beggiora, apresentou as ações da pasta voltadas à redução e ao combate ao tráfico de entorpecentes.

“Intensificamos a agenda da venda de itens do patrimônio apreendido do tráfico. Desde março, os leilões ocorrem na modalidade virtual atendendo às orientações das autoridades sanitárias. Os resultados tiveram êxito, desde o início da pandemia, arrecadamos mais de R$ 5 milhões e superamos a venda de 447 itens”, afirmou Beggiora.

Ainda de acordo com o secretário da Senad/MJSP, os trabalhos terão continuidade. “A descapitalização dos traficantes é uma estratégia eficaz no combate às drogas, então os trabalhos não param, ainda que adaptados às ferramentas online. Nossa meta é alcançar 100 leilões em todo o país até o final do ano. Desde março, os leilões ocorrem na modalidade virtual, atendendo às orientações das autoridades sanitárias, completou.

Com o apoio dos estados, desde outubro passado, a Senad/MJSP conseguiu arrecadar mais de R$12 milhões. Todo o recurso é destinado ao Fundo Nacional Antidrogas, que financia os projetos de prevenção e de combate às drogas.

Na oportunidade, o secretário de Cuidados e Prevenção às Drogas do Ministério da Cidadania, Quirino Cordeiro, apresentou as ações realizadas pela pasta.

“As entidades seguem funcionando como um serviço essencial, e os grupos de apoio substituíram as reuniões presenciais pelas virtuais, dando suporte a dependentes químicos e suas famílias, de acordo com as diretrizes da Secretaria Nacional de Cuidados e Prevenção às Drogas (Senapred) sobre o tratamento de dependentes químicos durante a pandemia, para garantir a segurança de todos”, assegurou.

O seminário também contou com a participação do delegado da Polícia Federal e coordenador-geral de Polícia de Repressão a Drogas e Facções Criminosas, Elvis Aparecido Secco, com o psiquiatra e coordenador da Unidade de Pesquisa em Álcool e Drogas na Escola Paulista de de Medicina da Universidade Federal de São Paulo, Ronaldo Laranjeira, com o presidente da Confederação Nacional de Comunidades terapêuticas, Adalberto Calmon Barbosa e o diretor de Grupos da Federação Amor Exigente, Luiz Fernando Cauduro.

A Semana Nacional de Políticas sobre Drogas acontece até o dia 26 de junho, com transmissão online.

Acompanhe pelo canal Youtube do Ministério da Cidadania.

Links de transmissão:

 

Confira a programação: