Notícias

Primeiro leilão de ativos biológicos é realizado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública em parceria com a Conab

publicado: 22/06/2020 13h34, última modificação: 22/06/2020 13h39
Serão vendidos aproximadamente 30 mil kg de ração apreendida pela polícia civil no Acre. Previsão é arrecadar, no mínimo, R$ 46 mil
BANNER_LEILÃO_CONAB.png

Brasília, 22/06/2020 -  O primeiro leilão de ativos biológicos apreendidos do tráfico de drogas acontece, virtualmente, nesta segunda-feira (22). A iniciativa é do Ministério da Justiça e Segurança Pública, por meio da Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad/MJSP) e da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

O valor dos lances é a partir de R$1,55 por kg. A previsão é arrecadar no mínimo R$ 46 mil na venda de sacos de 7kg, 8kg, 15kg e 25kg de rações para cães e gatos. Os ativos apreendidos pela Polícia Civil do estado do Acre, eram utilizados por criminosos para camuflar o transporte de entorpecentes.

O leilão ocorrerá por meio por meio do sistema eletrônico de comercialização da Conab. Pessoas físicas ou jurídicas com interesse em participar deverão ter o cadastro no Sistema de Cadastro Nacional da companhia.

Desde o final de 2019, o acordo de cooperação técnica firmado entre a Senad/MJSP e a Conab, tem contribuído para realização de alienação antecipada de produtos agropecuários apreendidos em processos criminais. O objetivo é viabilizar a venda dessas apreensões, permitir o rápido aproveitamento de produtos perecíveis e destinar, por meio da arrecadação dos leilões, recursos para o Fundo Nacional Antidrogas (Funad).

Mais informações no site da Conab.