Notícias

Programa VIGIA começa a instalar equipamentos de radiocomunicação no Amazonas

publicado: 02/06/2020 19h07, última modificação: 03/06/2020 18h41
O sistema chegará em 7 cidades do estado e irá reforçar a comunicação entre agentes de segurança que atuam nas fronteiras
banner 1 VIGIA.jpeg

Brasília, 02/06/2020 – O Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), por meio da Secretaria de Operações Integradas (SEOPI), iniciou, nesta terça-feira (02), a instalação de equipamentos de radiocomunicação em sete cidades do Amazonas - Iranduba, Parintins, Coari, Tabatinga, São Gabriel da Cachoeira, Santo Antônio do Içá e Tefé. Com um investimento de R$ 13 milhões, o novo sistema de comunicação proporcionará uma melhor dinâmica e agilidade para os agentes de segurança que atuam na região no âmbito da Operação Hórus, impedindo assim a entrada de armas, munições e drogas no Brasil.

De acordo com o Coordenador-Geral de Fronteiras da (SEOPI/MJSP), Eduardo Bettini, a instalação destes equipamentos é essencial para uma melhor comunicação entre os diversos os agentes de segurança pública e defesa que atuam  no Amazonas.  "Os equipamentos irão trazer mais efetividade nas ações, principalmente no combate ao narcotráfico", explica Bettini.

Com atuação permanente no Amazonas desde novembro de 2019, o VIGIA, até o momento, já apreendeu cerca de 6 toneladas de drogas, em especial "skunk", um tipo de "super-maconha" e cocaína negra na região. Além do investimento de 13 milhões, a SEOPI empregou outros 4,5 milhões no custeio da manutenção do sistema pelos próximos 4 anos. A instalação do sistema é uma parceria do Programa VIGIA com o Exército Brasileiro e a previsão de término da implementação desses equipamentos é de 4 meses.