Notícias

Programa VIGIA completa mil ocorrências no Mato Grosso do Sul

publicado: 21/05/2020 12h15, última modificação: 21/05/2020 12h15
Em menos de um ano, foram apreendidas 180 toneladas de drogas no estado
VIGIAA.png

Brasília, 20/05/2020 - O Programa Nacional de Segurança nas Fronteiras e Divisas do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP)  completou mil  ocorrências registradas e atendidas no Mato Grosso do Sul, um dos estados onde o VIGIA está presente. Por meio da Operação Hórus, o programa chegou à região em setembro de 2019 e, em oito meses, já apreendeu mais de 180 toneladas de drogas.

Por meio de atuação integrada entre instituições estaduais e federais, o VIGIA, no Mato Grosso do Sul, conta com o trabalho conjunto das Polícias Federal, Civil e Militar. De acordo com Eduardo Bettini, Coordenador-Geral de Fronteiras da Secretaria de Operações Integradas, o estado é o que mais apreende drogas em números absolutos, em especial a maconha.

“Mato Grosso do Sul é um estado estratégico no combate ao narcotráfico e ao contrabando. Com aproximadamente 1.200 km de fronteira com o Paraguai e 300 km com a Bolívia, o estado é um verdadeiro corredor para transporte de drogas e contrabando para outros estados ou, até mesmo, para rotas internacionais”, alertou.

Além disso, Mato Grosso do Sul também faz divisa com os estados do Paraná, São Paulo, Goiás e Mato Grosso, o que facilita a passagem para grandes capitais, centros urbanos e outros países por meio de portos e aeroportos.

Para Bettini,  o trabalho cooperativo e integrado do programa gera resultados positivos e efeitos desejáveis: “O maior deles é a circulação da informação. As instituições acabam repassando dados, criam o que nós chamamos de consciência compartilhada e nós conseguimos, através do princípio da oportunidade, converter ações e informações em operações em tempo reduzido, muito mais rápido”, destacou.