Notícias

Seminário discute aprimoramento técnico dos Policiais de Operações Especiais do Brasil

publicado: 28/11/2019 14h22, última modificação: 28/11/2019 14h53
A atividade integra programação do “Desafio Caveiras Brasil 2019”
Seopi.jpg

- Foto: IsaacAmorim/AG.MJ

Brasília, 28/11/2019 – O Ministério da Justiça e Segurança Pública, por meio da Secretaria Nacional de Segurança Pública, realizou, nesta quinta-feira (28), o “I Seminário Técnico de Operações Especiais do Brasil”. A atividade integrou programação do “Desafio Caveiras Brasil 2019”, evento em comemoração aos 15 anos da Força Nacional de Segurança Pública. A abertura do evento contou com a presença do ministro Sergio Moro, do secretário Nacional de Segurança Pública, Guilherme Theophilo, parlamentares e demais autoridades da área.

Reunindo os comandantes das unidades de operações especiais dos estados, além da Polícia Federal (PF), Policia Rodoviária Federal (PRF) e Força Nacional de Segurança Pública, o seminário teve como objetivo principal, além de obter um panorama das condições logísticas das unidade de operações especiais das polícias do Brasil, debater sobre iniciativas regionais e melhores práticas que podem ser implementadas à nível nacional no sentido de fomentar a modernização e o reaparelhamento destas unidades no combate ao crime organizado.

O ministro Sergio Moro ressaltou a importância da discussão para bem alinhar o trabalho dos policiais.  “É importante conversarmos e compartilharmos experiências, buscando, na medida do possível e respeitando as autonomias de cada estado e as peculiaridades de cada região, buscarmos uniformidades de procedimentos dos operações especiais. E, esta nova gestão, sabe que é importante investir em segurança pública, na capacitação e valorização das forças de segurança”, disse.

O secretário Nacional de Segurança Pública, Guilherme Theophilo, destacou que a necessidade do seminário era urgente. “A integração é o principal buscado nessa reunião. Venho sempre falando que as tropas especiais são importantes e também têm papel fundamental no combate aos crimes do eixo estratégico do MJSP, daí a necessidade de traçarmos um panorama dessas unidades pelo Brasil e buscar aperfeiçoamento dos policiais com o apoio da Senasp. Por isso, que esse momento é tão importante e histórico para todos nós”, finalizou.